Frente fria no Acre perde força na sexta-feira, 17, conforme Davi Friale

A frente fria que atingiu o estado do Acre está gradativamente perdendo força, trazendo alívio aos moradores que enfrentaram a primeira friagem decorrente da terceira onda polar de 2024. Rio Branco, capital acreana, destacou-se como uma das cidades mais frias do país durante a semana, com os termômetros registrando uma mínima de 16,5ºC às 6h, enquanto no interior do estado, em Epitaciolândia, a temperatura mínima chegou a 15,8ºC.

O pesquisador do portal “O Tempo Aqui”, Davi Friale, esclarece que o termo “Onda Polar” não se limita apenas ao frio, mas também indica uma redução na temperatura média, podendo ser influenciado por fatores como a ocorrência de chuvas. Friale prevê que as temperaturas começarão a subir a partir de sexta-feira, 17, e alerta a população para a possibilidade de novas frentes frias ao longo do ano.

A chegada dessa onda polar provocou uma reação curiosa nas redes sociais, com a expressão “erupção polar” surgindo no Twitter para descrever as baixas temperaturas. No âmbito nacional, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que grande parte dos Estados do Sul do Brasil poderá manter temperaturas negativas até o dia 20 de maio.

O meteorologista Humberto Barbosa, coordenador do Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélites, explica que maio é um mês de transição climática, caracterizado pela progressiva chegada do inverno, o que justifica a queda nas temperaturas a partir da segunda semana do mês.

por Angélica Florêncio, Na Hora da Notícia.

WhatsApp
Facebook
Twitter

Noticias Relacionadas