Grave acidente em Feijó: Condutor é denunciado por tentativa de homicídio

A denúncia foi apresentada pela Promotoria de Justiça Criminal do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) contra José Vanaldo Aguiar de Almeida pelo crime de tentativa de homicídio duplamente qualificado, além de dirigir sob influência de álcool e desobedecer à ordem legal de um funcionário público. O incidente ocorreu no dia 27 de fevereiro deste ano, no bairro Segundo Distrito, na cidade de Feijó.

De acordo com a denúncia, o acusado estava dirigindo embriagado e em alta velocidade, na contramão, quando colidiu violentamente com a motocicleta em que estavam o casal Eliabi da Silva de Sousa e Leidiane Gomes do Nascimento. O impacto foi tão forte que arremessou as vítimas a aproximadamente dez metros de distância do local da colisão, causando graves ferimentos.

A Polícia Militar, ao chegar ao local, constatou sinais de embriaguez no condutor José Vanaldo e descobriu que sua carteira de habilitação estava cassada. Além disso, o acusado resistiu de forma agressiva à ordem policial de entrar na viatura. No entanto, a Juíza Substituta da Vara Criminal de Feijó, Bruna Barreto Perazzo Costa, concedeu liberdade provisória ao acusado, envolvido no gravíssimo acidente de trânsito na Avenida Presidente Castelo Branco.

O promotor de Justiça Lucas Nonato, responsável pela denúncia, ressaltou que o acusado agiu com dolo eventual ao assumir o risco de matar as vítimas ao dirigir embriagado, em alta velocidade e na contramão, colocando em perigo também a vida de outras pessoas na via pública.

A promotoria solicitou a pronúncia do réu e seu julgamento pelo Tribunal do Júri pelos crimes mencionados, além de requerer uma indenização de R$ 15 mil por danos materiais e R$ 30 mil por danos morais às vítimas.

Com informações de Angélica Florêncio, do Na Hora da Notícia

WhatsApp
Facebook
Twitter

Noticias Relacionadas