Homem que ameaçou moradores e teria lista de pessoas para sacrificar será internado no Hosmac

Após audiência de custódia realizada no Fórum Desembargador Vieira Ferreira, em Sena Madureira, a juíza Caroline Lagos de Castro determinou a internação provisória do idoso Francisco Raimundo Barbosa Brasil, 62 anos de idade. Na última quarta-feira (8), ele foi preso por policiais militares sob acusação de ameaçar populares e alunos da escola municipal Guttemberg Modesto da Costa.

No desfecho do caso, os PMs apreenderam um caderno na casa do acusado com algumas anotações. Termos como “matar” e “vai morrer” foram encontrados nessas anotações.

A exemplo do que aconteceu na Delegacia, Raimundo Brasil não conseguiu responder as perguntas formuladas pela justiça. Além disso, as provas acostadas no processo deduzem que ele tem transtornos mentais, informação essa corroborada pelos próprios familiares.

Objetivando evitar uma possível tragédia, a justiça decidiu interna-lo no Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac), em Rio Branco.

Com isso, foi disponibilizada uma ambulância para transportá-lo da Delegacia de Sena Madureira até a capital. Uma equipe da PM também foi destacada para fazer a escolta. Raimundo Brasil deverá passar por avaliações periodicamente antes de retornar ao convívio social.

WhatsApp
Facebook
Twitter

Noticias Relacionadas