Operação policial em Capixaba resulta em prisão de casal acusado de violência e tráfico

No desenrolar de uma operação realizada na noite de quarta-feira, 8 de maio, pela Delegacia Geral de Polícia de Capixaba, sob a liderança do delegado Aldísio Neto, foi efetuada a prisão do casal conhecido como Diogo e “Vampira”. Este casal, identificado como um dos principais traficantes da região, encontrava-se com mandados de prisão preventiva emitidos pela Vara de Combate às Organizações Criminosas, devido a acusações de tortura e lesão corporal grave contra uma adolescente.

Os relatos indicam que o casal teria submetido a menor a um ato de violência, chegando ao extremo de efetuar disparos de arma de fogo contra as mãos da vítima como forma de “correção”. No momento da prisão, Diogo e Vampira foram localizados em sua residência, onde os investigadores apreenderam uma quantidade significativa de drogas ilícitas, incluindo maconha, cocaína, crack e skunk, juntamente com dinheiro e seis aparelhos celulares que revelaram comunicações do casal com traficantes bolivianos.

Segundo Aldísio Neto, o crime contra a adolescente ocorreu em setembro do ano anterior, quando a menor foi brutalmente agredida com pauladas após ser levada para um local isolado. Posteriormente, os agressores utilizaram uma arma de fogo para atirar nas mãos da vítima. Com a prisão de Diogo e Vampira, o caso, que envolveu a morte de dois envolvidos em confrontos com a polícia e em disputas entre facções, será considerado encerrado, uma vez que o suposto mandante já estava sob custódia.

Angélica Florêncio, Na Hora da Notícia

WhatsApp
Facebook
Twitter

Noticias Relacionadas